Metodos Anti Concepcionais, Contraceptivos, Pilulas

A escolha do método anticoncepcional deve ser feita por vocês com o auxilio de um médico, após terem realizado todos os exames pré-nupciais.

É importante lembrar que somente um médico poderá orientá-los sobre o método mais eficaz, de acordo com os resultados dos exames, portanto, os métodos aqui descritos, não dispensam uma avaliação médica.

Alguns métodos não são seguros e quase não são utilizados. Analisem com cuidado as possibilidades de escolha e depois do método escolhido, informem ao médico qualquer alteração ou reação que possa aparecer, para que ele avalie se é necessário mudar o método ou não.

→Injetáveis

Existem no mercado injeções de anticoncepcionais mensais e trimestrais. As duas têm a mesma eficácia mas somente um médico poderá receitá-las. As injeções só previnem contra uma gravidez mas não protegem contra DST e AIDS, portanto, o uso do preservativo é obrigatório.

→Manticoncepcionalini-pílulas

Esse é um anticoncepcional que poderá ser utilizado por qualquer mulher, inclusive as que estão amamentando.

O que difere a mini-pílula das pílulas comuns (orais combinados) é o fato de não conter estrogênio que é um hormônio que pode causar acidente vascular e infarto, também contém uma dosagem muito baixa de progesterona, o que faz diminuir incômodos como aumento de peso, por exemplo, mais comuns nos orais combinados.

A mini-pílula não protege contra DST e nem AIDS, portanto, é necessário o uso do preservativo.

Quão útil foi este post?

Clique em uma estrela para avaliá-la!

Classificação média / 5. Contagem de votos:

Avalie este post.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!