O Bolo de Casamento, História e Informações




A história do bolo de casamento vem desde a época dos romanos. Eles faziam um bolo de trigo que era esfarelado na cabeça da noiva com a intenção de lhe trazer fertilidade.

O bolo de casamento, nos dias atuais, tem um papel de destaque e não pode faltar em qualquer festa de casamento.

Contrario aos tempos antigos, hoje são diversas opções de recheios, tamanhos, camadas, coberturas e sabores. Além de ter sido feito para ser provado, ele também tem sua atração a parte, servindo como objeto de decoração nas mesas.

O tradicional bolo de casamento com andares é bastante usado nas cerimônias, mas existem outras opções com estruturas em vidro, em bronze ou acrílico, douradas ou prateadas. Tudo a gosto dos noivos.

bolo de casamentoO topo de bolo de casamento nunca sai de moda. São noivinhos que ficam na parte mais alta do bolo, geralmente feitos de biscuit, que dão o toque e a cara dos noivos, caracterizando-os.

Os bolos de casamento são sempre verdadeiras obras de arte, mas vale lembrar que o sabor deve ser realmente bom. Por isso a dica é que façam degustação da massa, recheio e cobertura antes de escolher sua confeiteira ou cook designer.

Em relação a quantidade de bolo a servir, tudo vai depender do número de convidados, levando em consideração o perfil deles. Lembre-se também que nem todas as pessoas comem o bolo, tenho em vista que existem, além do bolo, os docinhos e chocolates. Por exemplo, se você tem um casamento para 400 convidados, contratar um bolo para 250 a 300 já está de ótimo tamanho.

Cortar o bolo no casamento, significa partilhar o futuro. Por isso é indispensável que os noivos cortem a primeira fatia juntos do bolo de casamento, acompanhados com o brinde do espumante.

“É extremamente indelicado não servir o Bolo de Casamento.”

Quão útil foi este post?

Clique em uma estrela para avaliá-la!

Classificação média / 5. Contagem de votos:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário